quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Renew ultimate complexo reparador para o contorno dos olhos

Creme para a área dos olhos, como vcs já sabem, deve ser usado a partir dos 25 anos, pois essa é a primeira região da face a sofrer as alterações do envelhecimento. Não precisa começar com artilharia pesada, como esse. Até porque ele é mais consistente e oleoso, sendo mais adequado (e necessário) após os 40 anos. Para peles mais jovens e/ou oleosas, sugiro outro, como o do post abaixo: Renew clinical expressiona Line Filler. Mas como eu testo de tudo...
Segundo a Avon: "um produto completo, que apresenta duas fórmulas, balm e creme. Ajuda a definir o contorno dos olhos através de: lifting nas pálpebras, suaviza as bolsas formadas sob os olhos, pele mais densa, redução das rugas."
 
 
 
A embalagem tem dois andares. O de cima é o balm, de consistência sólida (como um balm para lábios), e a Avon recomenda aplicá-lo sobre o creme, apenas nas pálpebras inferiores, à noite. Princípios ativos do balm: óleo da semente de Perilla ocymoides (rico em flavonas, antioxidante), glicina de soja, óleo de café (estimula a síntese de colágeno,antioxidante, age nas olheiras), vitamina E e ácido lático. Pelos ativos, percebe-se que a ação é, primordialmente, no combate à flacidez e às olheiras. 

O andar de baixo é um creme, e a Avon recomenda usá-lo pela manhã e à noite, nas pálpebras inferiores e superiores. Princípios ativos: manteiga de karité, ureia, os mesmos extratos vegetais do balm, íncluindo óleo de café, romã e fosfolipídeos (importantes no combate às rugas e flacidez).
Para simplificar o uso e, devido ao  resíduo oleoso deixado pelo produto, recomendo usá-lo somente à noite. 
 
Minha impressão: a fórmula é bem completa porém gordurosa, o que limita seu uso durante os meses de verão e nas peles muito oleosas. Hidrata muito bem as pálpebras, principalmente as inferiores, deixando-as bem lisinhas. Mas ainda não é o produto ideal para mim, pelo menos.
Nota: 9 (perdeu um ponto por ser gorduroso).

Nenhum comentário:

Postar um comentário